English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

sábado, 26 de janeiro de 2013



 ENGANOS


 Há dias em nossas vidas
que temos que abrir as cortinas 
e olhar pela janela da vida
e ver se ainda há flores lá fora
Vi então que a vida havia passado e
lentamente senti que as minhas noites
haviam sido longas e que a lua
esteve me esperando enquanto 
eu fiquei trancada dentro de mim mesma
Então resolvi sair de dentro de mim
 ir a um jardim iluminado pela lua
Senti um pingo de chuva bater em meu rosto
olhei para o céu e vi a lua por trás de uma
pequena nuvem escura para esconder suas lágrimas
Sentia que havia tristeza em seu brilho prateado 
e que a chuva eram pingos de seu pranto 
que teimavam em molhar meu rosto
Corri e colhi uma rosa a mais linda do
 jardim e a ela ofereci sorrindo
Era o meu hino de amor onde eu falava
que ela era ainda mais bela quando
chorava as minhas lágrimas
Oh, lua não chores
porque eu te amo

Rachel Omena 


13 comentários:

  1. Oi Raquel
    Linda poesia doída
    Muito linda e sentimental
    Adorei
    Beijos
    Lua Singular
    Você escreve com uma desenvoltura mil

    ResponderExcluir
  2. Cristal: Lindo Poemas todos nós temos os nossos dias bons e menos bons.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  3. Meu amigo obrigada pela visita e palas palavras doces a minhas letras.Sim as vezes nos vemos sem chão e sentimos que o Pai nos leva nos braços por não suportarmos a cruz.

    Um grande abraço meu amigo

    ResponderExcluir
  4. Olá Rachel!
    A vida tem esses percalços minha querida. Há dias que somos acometidos por uma nostalgia e nem percebemos as belezas que estão ao nosso redor. Muitas vezes as lágrimas nos impedem de perceber que a felicidade está batendo na nossa porta. Enxugue as lágrimas! Peça a lua para recolher o choro e vibre com as boas energias.
    Lindo seu texto mas recheado de dor e lamento. Bom restinho de domingo.
    Beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  5. Hola Rachel! me quedo en tu precioso blog , y me llevo al mio ! saludos desde Valencia , España !

    ResponderExcluir
  6. Fernando é sempre um grande prazer ver-te por aqui a acariciar minhas letras.

    Obrigada amigo

    ResponderExcluir
  7. Loira querida ,lindo poema!
    Minha querida meus outros blogs estão fechados,por não dar conta no momento de inspiração para tantos e o blog amigos,apenas poucos tem visitado,apenas fechei não exclui,o blogger diz que é so pra convidados por eles estarem ocultos rs1Beijos loira!!

    ResponderExcluir
  8. O luar como testemunha,
    de que o amor nunca acaba!

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. O luar como testemunha,
    de que o amor nunca acaba!

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá Raquel,
    Benvinda ao club dos meus amigos.
    O eu blog é uma sala de espetacúlos com ótimo programa
    Meus parabéns
    Beijinho

    ResponderExcluir
  11. Fascinante! Poesia, pura poesia....Beijo

    ResponderExcluir

...

.

.