English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013





 A MORTE E A VIDA


Quando a morte apagar
a memória da minha carne
 descerá para o descanso do nada
Porque dai é quando estarei viva eternamente
e livre da matéria eu irei caminhar na luz da
 paralela tangente primaveril para enfim respirar
o ar da vida
O meu espírito será o meu abraço suave
e o retrovisor da geografia e geometria
e lamentará a morte por não
entrar no meu templo de pedra
porque na luz
as trevas não enxerga o que me criou
Mas, feliz do que viveu nesta vida terrena
e desceu muitas escadas
para crescer interiormente
e voar ao topo de
todas estas escadas.


Rachel Omena



12 comentários:

  1. Uma bela mensagem bastante espiritualizada. Tenha um ótimo dia Rachel.
    Beijinhos no coração
    gracita

    ResponderExcluir
  2. Entre a morte e a vida
    Escolho o perfume de mulher
    De amor e felicidade protegida
    Humana, não objecto qualquer!

    Quando sabe o que quer
    Sem querer ela se apaixona
    Ser feliz com uma mulher
    Na praia, dentro de uma cabana!

    No paraíso da felicidade
    A mulher e a sua beleza
    Sem prazo de validade
    Assim como não tem a natureza!

    Continuação de boa semana para você,
    beijinho
    Eduardo

    ResponderExcluir
  3. Oi querida
    Tô quase chegando lá, e não tenho medo.
    Você é corajosa , mulher. Se tivéssemos 100 mulheres iguais a você, o mundo seria bem melhor. Você é a força que move o moinho, sem água.
    Beijos
    Lua Singular

    só me tira essas letrinhas, não enxergo bem.

    ResponderExcluir
  4. Amada irmã .
    Acredite sua postagem me pegou de surpresa .
    Temos que ter o espirito tranquilo demais para escrever esse poema.
    Amada demore para vir aqui passe muito mal depois que nos falamos.
    Enfim é a vida e suas razões que desconhecemos.
    Entra nesse.endereço fala alguns detalhes.
    www.evanirgarcia.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Rachel!
    Você é uma sábia.
    Eu também acredito na espiritualidade, morre o corpo e o espírito tem outra vida sem dor, só com a leveza do amor
    Beijos
    Obrigada
    Até amanhã
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  6. E um dia,,quando tudo virar pó,,,ficará a memória,,,registrada na história de tudo que foi bom em sentimentos e paz,,,beijos querida,,,bom final de semana pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Cris!
    Já não me serve o Sol/ Voltei pras sombras/ Preciso é conviver com escuridão/ Não posso mais utilizar Calciferol/ Mesmo que, Calciferina sirva-me/ O Sol não me permite o dia... D.
    Não por causar CA/ Sim! Por que/ A Fotofobia me azucrina/ E a Hanseníase trás.
    E deixa-me a pele "de areia"/ Fina pra mim demais/ Não me combina... Posto me acham "grosso"/ Por que não tenho... A voz feminina.
    Se leite mata/ Há muito fiz desmame/ E as tetas cheias/ Não sou eu que as mame/ Nem mesmo... Tetas "muchas" me atraem.
    Não gosto de legumes/ Eles são próprios as "canjas"/ Quando são de galinhas/ Os galos velhos não servem... Não matam/ Dizem que se usam... Os que morrem na "rinha".
    Que também é proibido falar/ É muito "besta" o crime/ Corre dinheiro, e a polícia chega... Nem se amedronta/ Este dinheiro não serve pra matar... Só pra cachaça.
    Eu acho graça/ Pois minhas mãos são limpas/ Mas sei que há mãos/ Bem diferentes as minhas/ E que não gasta nada... Com a Indústria farmacêutica/ Mas eu gasto.
    Nem tanto por Tuberculose/Não muito com Asplenismo/ Nem pouco; com Polineuropatias/ Mas com Hansen Cris!/ Doença que não quis, mas que Deus quis/ Eu gasto muito e gastarei bem mais/ Se é que seja necessário... Advogados.
    Um abraço, dos Anônimos da Poesia e da Arte.

    ResponderExcluir
  8. Amigo as sombras que nos deixam são nuvens que um dia há de passar...de alguma forma,só temos que continuar no firmanemto..

    Estou contigo

    Abraços Dr.

    ResponderExcluir
  9. Rachel... amada!
    Estou aqui para te abraçar e dizer que estou junto a ti ,com a certeza de que em breve tudo estará bem .
    E acredito ...em nosso encontro,aqui em floripa, você, o teu amado Pedro,ja restabelecido,felizes, em um belo recital...todos juntos,ouvindo canções,passeando pela nossa ilha mágica ,onde os sonhos viram realidade.

    Um beijo carinhoso...
    De noticias por favor...
    meu email
    veraportela001@hotmail.com.

    vera portella

    ResponderExcluir
  10. Pedrinho atravessa neste momento muitos outros problemas Verinha infelizmente.
    As coisas não aconteceram como ele planejou e com isto seu quadro piorou muito.
    Tem gente que está aqui neste mundo só para fazer o mal esquecendo que é pó e cinza e que no amanhã pode ter um encontro com seu próprio mal ou maldade.
    Então Pedro tem uma maior doença fora o câncer que voltou e esta doença chama-se tristeza..Mais ele vai superar sim porque nada é eterno. Eu não posso está do lado dele porque tenho minha mãe muito enferma agora com um problema que não pode ser operada diante da idade ....Ele teria que vir para aqui para que eu cuidasse dos dois. Este era o plano dele pois São Paulo teria os melhores recursos para ele e para todos os seus males...Contando com o meu carinho amor que ele tanto necessita agora para continuar sua jornada que ainda não chegou ao fim.
    Tem muitos problemas em Salvador e não tem como sair de lá agora apesar que ainda luta para isto..Não quer se operar lá só se for o ultimo recurso mesmo.

    Obrigada amiga assim que tudo melhorar estaremos sim ai com todos vocês. O nosso Pai é grande Verinha..

    Um grande abraço amiga e sempre orei por ti e por todos que meu coração sente de orar.

    Rachel Omena

    ResponderExcluir

...

.

.